sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Citação...

"Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquetipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim, não me interessam os maus de espírito e o maus de hábitos.
Fico com aquele que faz de mim louco e santo.
Deles não quero respostas, quero meu avesso.
Que não em tragam dúvidas ou angústia, mas que aguentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem da indiferença e peça perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só um ombro e um colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não rir junto, que não sabe sofrer junto.
Meu amigos são todos assim: metade bobeira metade seriedade.
Não quero sorrisos previsíveis e nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da sua realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero metade criança, metade velhices.
Crianças para que não esqueçam o valor do vento batendo no rosto; e velhos para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças de velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril."

Magda Cristina ou simplesmente ... Bada Titina

5 comentários:

Max disse...

Poxa Magda que texto lindo! Se me permite vou até copiar a frase inicial: "Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquetipo qualquer, mas pela pupila" Quando li o título e alguns textos pensei que era mais um daqueles textos clichês sobre amizade, mas não, é muito bem feito e original. Parabéns!
Beijos!

Fabiane Aline disse...

Muito obrigada pela sua visita e por seguir o meu novo blog. Muito legal a sua citação, já gostei da primeira frase, pois devemos saber escolher bem os nossos amigos.
Tenha um ótimo fim de semana.
Beijos.

André Poerschke Vieira disse...

que maravilha de texto. E dá para perceber a qualidade dele, pela frase inicial, foi algo que já começou em alto nível e tu manteve ao longo do texto. Parabéns

http://umdiaentenderei.blogspot.com/

André Poerschke Vieira disse...

que maravilha de texto. E dá para perceber a qualidade dele, pela frase inicial, foi algo que já começou em alto nível e tu manteve ao longo do texto. Parabéns

http://umdiaentenderei.blogspot.com/

_ivonefernandes disse...

Magda, você consegue definir muito bem sobre o qual nos remete a um verdadeiro amor, seja aquele por um amigo ou não.
As boas e não experiências da vida nos leva a crer uma coisa; mais vale um amigo com atitudes meiadas, que um vazio ou o carregado demais!
Parabéns pelas palavras lindas que nos fazem repensar nossas impensadas atitudes!

Ivonefernandes